sexta-feira, 26 de maio de 2017

Pronunciamento do Aécio Perante Acusações


       Após gravações do próprio Aécio Neves fazendo sugestões de "maneiras" para dificultar a lava-jato, assassinatos e de pedir uma quantia "pequena" de 2 milhões de reais para gastar com seus advogados anti-lava-jato, dinheiro que estes jamais viram, segundo a Polícia Federal, Aécio resolveu fazer um pronunciamento amigável à população para justificar suas nobres intenções e o malfeito de seus acusadores.



       Para quem não sabe, Aécio foi gravado sigilosamente pelo delator Joesley Batista. Na gravação, Aécio dispara alguns palavrões contra a lava-jato, discute algumas formas políticas de barrar a investigação e reduzir suas consequências penais e pede uma "pequena" quantia de 2 milhões de reais. Quando perguntado sobre como gostaria de receber o dinheiro que, por razões óbvias, não seria transação bancária, ele diz: 


“Tem que ser um [enviado] que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu.”. - Aécio

A defesa diz que Aécio tinha grande inocência quanto a esse pronunciamento, era uma "brincadeirinha".


       Aécio que estava no plenário quando soube da notícia, fez o que faz todo ladrão: Deu no pé e escondeu! Naquela hora num passava nem uma agulha! Afastado do senado, o que foi pouco, segue a Lava Jato mitando e varrendo geral!


Fontes: Piauí Folha Uol, Época Globo

Compartilhe



Comente e Seja Feliz: